Filosofia Moderna

RESSONÂNCIAS FILOSÓFICAS: XXI SIMPÓSIO DE FILOSOFIA MODERNA E CONTEMPORÂNEA DA UNIOESTE

  • Autor(es): Célia Machado Benvenho et al.;
  • Ano: 2017
  • ISBN: 978-85-92670-27-6
  • Edição: 1
  • Páginas: 654
  • Sumário: Download
Gratuito

Sinopse

APRESENTAÇÃO



É com satisfação que entregamos ao público acadêmico interessado em Filosofia a obra: ?Ressonâncias filosóficas ? XXI Simpósio de Filosofia Moderna e Contemporânea da UNIOESTE?. Trata-se de um livro de anais, em formato digital, que é recolha dos trabalhos apresentados durante as três tardes de comunicações do evento nomeado em nosso subtítulo, esse realizado entre 07 e 11 de novembro de 2016, no campus de Toledo-PR.
O presente livro testemunha a maturidade de um trabalho filosófico que vem sendo desenvolvido em nossa instituição e conjugado a cada novo Simpósio de Filosofia Moderna e Contemporânea da UNIOESTE. Tal Simpósio é anualmente promovido pelo Curso de Graduação em Filosofia e pelo Programa de Pós-Graduação em Filosofia desta Universidade e traduz o produto do ensino, da pesquisa e das atividades extensionistas desenvolvidas por seus docentes e discentes, bem como o saldo dos intercâmbios cooperativos com outros centros de pesquisas brasileiros e estrangeiros. Por isso mesmo, o êxito de tal evento, desde a sua primeira edição (que remonta ao ano de 1996), se confunde com a trajetória do Curso de Filosofia da UNIOESTE. Esse fator determinante tem se materializado por meio de um conjunto de atividades voltadas ao incremento da pesquisa, à qualificação docente e, consequentemente, à melhoria do nível de ensino. O coroamento desse projeto deu-se, a partir de 2005, com a implantação do Programa de Pós-Graduação em nível de Mestrado e, dez anos depois, em 2015, com o Doutorado, ambos recomendados pela CAPES.
Não se trata, portanto, de registrar tão somente a maturidade do evento, antes é sua identidade e importância que evidenciamos com tal publicação. Afinal, nosso Simpósio hoje possui feições adultas e ? sem favor algum ? podemos orgulhosamente dizer que o mesmo já se tornou um ?patrimônio de nossa casa?. Sim! Trata-se de um evento que dá a conhecer a persona institucional que o Curso de Filosofia da UNIOESTE se tornou ao longo desses anos, expressando a compreensão e a distinção singular que nosso colegiado confere à Filosofia.
Talvez por isso, o Simpósio de Filosofia Moderna e Contemporânea da UNIOESTE tenha se consolidado como um espaço de integração privilegiado aos articulistas de filosofia no Brasil, chegando mesmo a conquistar lugar cativo no circuito nacional dos eventos da área. Sua vitalidade e longevidade (vinte e uma edições anuais ininterruptas!) se devem a uma verve obstinada! É justamente esta que torna oportuna, aqui, uma breve e indispensável nota política: repetir um simpósio de filosofia como o presente, fazer o exercício continuado de criar um espaço para a produção e disseminação de ideias filosóficas e de debate crítico esclarecido é a melhor resposta que se pode dar aos tempos sombrios pelos quais passa a sociedade brasileira. Em uma época em que justamente as instâncias responsáveis por promover o debate democrático, a educação de qualidade e a igualdade de oportunidade entre os cidadãos se voltam contra a educação e o ensino da filosofia em nível médio, pretendendo sustar o trabalho de todos aqueles que apostaram na educação e, por sua vez, no ensino de filosofia como iniciativa de base para a transformação do quadro ético, social e político, a resposta do curso de Filosofia da UNIOESTE ? entre outras dadas em várias frentes ? é a reedição desse Simpósio. Trata-se, por isso, também de novamente oferecer com labor, esmero e largo contentamento a oportunidade de renovar o pacto com nossos melhores valores, reafirmar nossa profissão de fé e, oxalá, dar lugar ao novo!
A vigésima primeira edição do Simpósio manteve os propósitos institucionais das edições anteriores, assim como a estrutura e dinâmica da programação. Embora o evento tenha se realizado num período conturbado por greves e ocupação do campus da Universidade durante o ano de 2016, ressalte-se que ele: contou com mais de duzentos e cinquenta participantes inscritos e expressiva participação em todas as atividades oferecidas; recebeu conferencistas da Itália, de Portugal e da Argentina, além de nomes significativos da filosofia do Brasil; ofereceu sete conferências e três minicursos simultâneos; deu lugar a noventa e sete comunicações (nas várias áreas de pesquisa filosófica e das ciências humanas) além de contar com uma diversificada agenda cultural incluindo lançamentos de livros. Assim, avaliamos que a edição do evento (que ora se retrata nesse livro de anais) foi um momento fundamental para elevação dos padrões de qualidade do Curso, promovendo amadurecimento crítico, ampliação dos campos de pesquisa e formulação de propostas de solução a problemas cuja perspectiva é, sempre, a filosófica.
Vale registrar, adicionalmente, o indispensável apoio dado por núcleos de atividades como as pesquisas individuais e coletivas; ciclos de palestras; grupos de pesquisa cadastrados em órgãos credenciados; grupos de estudos; seminários; Grupo PET-Filosofia; Grupo PIBID-Filosofia; cursos de especialização entre outros afins. Aprecia-se, deste modo, o quanto o Simpósio é expressão do trabalho de seus docentes, bem como da atuação engajada dos discentes cuja participação sempre é crucial para a viabilização do evento, desde a organização e a logística até a afável recepção dos visitantes.
Ao fim, esta apresentação não estaria completa sem que nossa gratidão fosse penhorada às agências de fomento que viabilizaram esta vigésima primeira edição do Simpósio, a saber: CAPES, Fundação Araucária, Reitoria e Pró-Reitoria de Extensão da UNIOESTE (PROEX). Graças ainda a todos que estiveram presentes, bem como aos estudantes e funcionários técnico-administrativos comprometidamente ligados à preparação e realização de nossa bela festa. Cabe, finalmente, um agradecimento cordial à comunidade da cidade de Toledo, sempre associada ao renovado êxito de nosso Simpósio de Filosofia Moderna e Contemporânea.

Mais Itens