Espiritualidade

DE ANJO A DEMÔNIO: Opção radical

  • Autor(es): ASSIS Francisco de ;
  • Ano: 0
  • ISBN:
  • Edição:
  • Páginas: 118
  • Sumário: Download
R$ 35,00

Sinopse

APRESENTAÇÃO

Com alegria apresentamos aos fiéis católicos da Igreja do Brasil a presente obra De Anjo a Demônio: opção radical, como instrumento eficaz de catequese sobre os seres puramente espirituais e na luta contra o Maligno e suas pérfidas ações nos indivíduos e na sociedade humana.
A existência de um mundo suprassensível já foi estudada e afirmada pelos antigos filósofos gregos, desde Platão; esta realidade que supera os domínios do ?sensível? e da ?matéria? foi estabelecida nas grandes religiões como sendo um ?mundo espiritual?.
Hoje, depois de muitos séculos de ?racionalismo? pagão e de ?materialismo? selvagem, até mesmo as Religiões e, infelizmente, muitos sacerdotes e líderes religiosos têm ?medo? ou ?vergonha? de falar da existência dos seres suprassensíveis ou espirituais.
Porém, a voz do grande São Paulo VI, e depois dele, do Santo Papa João Paulo II, se levantou forte para lembrar a humanidade que o Credo católico ainda é válido: Deus é criador das coisas visíveis e invisíveis. Os ?Anjos?, bons e maus, são seres racionais e livres, portanto, pessoas dotadas de vontade livre e responsabilidade.
A doutrina sobre os seres ?espirituais? ainda pertence ao Depositum Fidei católico, apesar de não ignorarmos os grandes e preciosos avanços das ciências humanas. Acreditemos ou não, Satanás é um anjo que se rebelou a Deus e com ele muitos outros Puros Espíritos também fizeram uma radical opção contrária ao Amor de Deus.
Os Anjos, mesmo quando não acreditamos na sua existência, continuam agindo no mundo e em nossas vidas: como guias para nos conduzir a Deus, protegendo-nos e iluminando-nos em nome do Espírito Santo de Deus.
Satanás, mesmo quando não acreditamos na sua existência, continua agindo no mundo e em nossas vidas. Hoje, mais do que nunca, procura ser ignorado por todos e se esconde por traz do poder natural da mente humana ? através de fenômenos ?paranormais? ? ou por traz de ?desequilíbrios? mentais ou doenças psíquico-somáticas. Mas sua ação é contínua, mesmo quando ignorada.
Retomamos aqui a afirmação de São Paulo VI: ?Sabemos que este Ser obscuro e conturbador existe verdadeiramente, e que com grande astúcia ainda age; é o inimigo oculto que semeia erros e desventuras na história humana?.
Que o Senhor nos liberte do poder do Maligno, hoje e sempre. Amém!

Prof. Pe. Leomar Antonio Montagna
PUC-PR
Arquidiocese de Maringá-PR

Mais Itens